POLÍCIA

Tetraplégico de 24 anos é preso suspeito de aplicar golpes milionários no Piauí

O patrimônio adquirido pela família como chácara e carros de luxo chamou a atenção dos vizinhos.

3/05/2021 - 18:05

O que poderia ser uma história de superação era, na verdade, o resultado de uma série de golpes aplicados na internet. Um jovem paraplégico, que aos 24 anos é dono de imóveis, carros e empresas, é o principal suspeito de um esquema que faturou quase R$ 3 milhões, segundo a Polícia Civil do Piauí.

Usando apenas um aparelho celular, Francisco Walyson Nunes da Silva oferecia falsos serviços virtuais e desaparecia com o dinheiro das vítimas. A investigação iniciou ainda no ano de 2020 quando a Polícia Civil identificou que o suspeito estava praticando golpes online.

Reprodução | TV Record

Segundo o Delegado Anchieta Nery, o golpe consistia no principal investigado, ao se apresentar em redes sociais como suposto hacker e até mesmo suposto “pai de santo” para oferecer “serviços” a suas potenciais vítimas.

Esses serviços nunca eram prestados, segundo os relatos das vítimas. Pois ele bloqueia as vítimas logo após receber pagamentos em dinheiro. Foram identificadas vítimas nos 27 estados da federação.

O criminoso se auto intitulava pela alcunha de “Branco” e se associou mãe, o irmão e o sobrinho, que o auxiliaram na prática do crime de estelionato e lavagem do dinheiro obtido com a aplicação dos golpes.

O patrimônio adquirido pela família chamou a atenção dos vizinhos, que sabiam que a única fonte de renda da seria o Benefício de Prestação Continuada (BPC) em nome de Branco.

Os quatro foram presos e encaminhados para a delegacia, contudo, Branco foi liberado, por conta de sua deficiência. A mãe também foi liberada para cuidar do filho.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

error: Conteúdo protegido!!!