CIDADES

Rubens Vieira informa que não foi citado na ação civil pública do MP-PI

O prefeito esclarece, ainda, que está à frente de uma das gestões mais aprovadas do Piauí.

21/11/2019 - 13:11

Sobre a notícia veiculada no site do Ministério Público do Estado do Piauí nesta quarta-feira (20), intitulada “Operação Escamoteamento: MPPI pede afastamento do Prefeito de Cocal”, o Prefeito Municipal, Rubens de Sousa Vieira, informa que ainda não foi citado e não pode apresentar maiores detalhes sobre o conteúdo da ação.

Tranquilo, porém, quanto ao desdobramento na esfera cível de procedimento oriundo da Operação Escamoteamento, que se prorroga indefinidamente desde 2016 e é de amplo conhecimento da imprensa local, o Prefeito Municipal mantém sua incredulidade quanto à espetacularização das ações promovidas, posto que a ele não foi oportunizado conhecer do teor da nova ação pelas vias processuais adequadas, já sentindo o espetáculo midiático de forte divulgação, em fatos pelos quais já prestou informações e sempre se colocou à disposição para colaborar.

O Prefeito Rubens Vieira esclarece, ainda, que está à frente de uma das gestões mais aprovadas do Estado do Piauí, fato incontroverso diante das benfeitorias públicas entregues à população cocalense e do sucesso eleitoral dos candidatos ao Legislativo e Executivo Estadual apoiados por ele nas eleições passadas. Eleito democraticamente nas urnas, o Prefeito permanece com apoio e legitimidade da população em razão da sua gestão de excelência, preocupada com os problemas de Cocal e concentrada na melhoria de vida dos cocalenses.

Mantendo-se certo de que a verdade prevalecerá, o prefeito Rubens Vieira permanece à disposição para prestar quaisquer esclarecimentos sobre as obras citadas, realizadas com qualidade e sucesso pela gestão. Sem mais para o momento, sempre à disposição.

Informações Ascom

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

error: Conteúdo protegido!!!