Inácio Portela

Caraúbas do Piauí

Prefeito Caburé esclarece fake news de compra de teste de Covid-19

A rescisão do contrato foi assinada no último dia 12 de maio.

26/05/2020 - 17:05

O prefeito de Caraúbas do Piauí, João Coelho de Santana, o Caburé (PT), esclareceu na tarde desta terça-feira (26) uma postagem ‘fake news’ publicada pelo Portal GP1, que traz como título “Prefeito de Caraúbas compra testes da covid-19 em loja de roupas de SP”.

João Coelho de Santana, o Caburé.

O gestor confirmou que a gestão fez a compra dos testes rápidos, no entanto, afirmou que rescindiu o contrato no valor de R$ 15.000,00 (quinze mil reais), que havia sido celebrado com a empresa Qualyprot Comércio e Confecção de Uniformes Corporativos Eireli.

A rescisão do contrato foi assinada no último dia 12 de maio deste ano e publicada no dia seguinte, de forma unilateral, em função da necessidade de “melhor adequação às finalidades de interesse público, com fundamentos no artigo 58, inciso II, e art.78, inciso XII, e art. 79, inciso I, ambos da Lei 8.666, de 212 de junho de 1993.”, diz trecho do termo de rescisão contratual unilateral ao contrato nº 22.04.2020.03.

O gestor esclarece ainda, que desde o início da pandemia do novo coronavírus, o município de Caraúbas do Piauí, realizou pesquisas de preços para aquisição de teste para COVID-19, tendo encontrado o menor preço na empresa Qualyprot Comércio e Confecção de Uniformes Corporativos Eireli.

No entanto, depois de firmado contrato, verificou-se que a referida empresa não possuía autorização para vender tais produtos, onde foi realizada imediatamente a rescisão contratual com suas devidas publicações.

A gestão municipal não adquiriu nenhum produto, como também não realizou nenhum pagamento para a empresa citada.

O prefeito lamenta que meio a maior tragédia sanitária do planeta, a falta de responsabilidade de alguns portais de noticias tem estimulado a desinformação e causado um desserviço a população caraubense.

Caburé disse ainda que desde o início da pandemia, a gestão tem concentrado esforços para impedir a propagação do coronavírus e preservar vidas, infelizmente tem precisado também combater a praga das Fake News.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

error: Conteúdo protegido!!!