POLÍTICA

“Nem roubar eu podia porque tinha vergonha”, admite ex-prefeito no Piauí

O ex-prefeito já foi preso alguns anos atrás e é pré-candidato a prefeito este ano.

13/09/2020 - 22:09

Depois do ex-prefeito Zé Maria Monção, de Cocal, agora foi à vez do ex-prefeito de Santo Antônio de Lisboa-PI, Assis Cipriano (PSB), praticamente confessar que roubou enquanto foi gestor. A confissão também ocorreu numa convenção eleitoral na noite de sábado (12).

Ao elogiar um ex-assessor, o ex-prefeito disse que o homem é tão honesto que ele tinha vergonha de roubar na frente dele. Cipriano afirmou que “nem roubar ele podia mais” porque seu assessor era muito honesto e dava vergonha fazer isso na sua frente. Cipriano já foi preso alguns anos atrás e é pré-candidato a prefeito este ano.

“Botei ele pra trabalhar comigo, muito bom, muito honesto. Mas depois nem roubar eu não podia porque tinha vergonha dele. Eu era obrigado a ser (honesto) também”, falou ao microfone.

Vendo a aberração dita pelo ex-prefeito, um aliado falou no ouvido dele e aconselhou: “Não fala esse nome não”. Assim, o próprio ex-gestor se deu conta do deslize e resmungou: “Ah, tá gravando, né?”. Depois, tentou convencer os presentes de que é um homem honesto e que merece ser eleito novamente.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

error: Conteúdo protegido!!!