POLÍCIA

Homem se recusar a pagar garotas de programa e quase é preso em Cocal

A PM foi acionada e o homem resolveu pagar o valor cobrado pelas garotas e o caso ficou resolvido.

17/12/2020 - 19:12

Um homem natural de Guaraciaba do Norte, quase foi preso após se recusar a pagar os serviços de duas profissionais do sexo que ele contratou em um bordel, na cidade de Cocal, Norte do Piauí. A Polícia Militar foi acionada pata atender a ocorrência, inusitada na madrugada desta quinta-feira (17).

Os militares foram informados pelos responsáveis do motel que a conta do estabelecimento estava paga, entretanto, o cliente estava discutindo com duas mulheres dentro do quarto e os servidores ao tentarem intervir para que os envolvidos chegassem a um acordo, o trio pediu para que a polícia fosse chamada.

As garotas relataram aos policiais que estavam apenas reivindicando o pagamento pelo encontro amoroso que aconteceu entre as partes. Segundo as mulheres, o homem chegou ao local de trabalho delas e as convidou para sair, na qual elas cobraram o valor de R$500,00, R$250,00 para cada uma, e o cliente respondeu que dinheiro para ele não era problema, pois, o mesmo era servidor de uma grande empresa.

Após o programa, o homem estava se recusando a pagar o valor cobrado. Aos PMs o homem afirmou que estava sendo vítima de um verdadeiro ‘assalto’ e que não pagaria o preço pedido pelas garotas, pois o combinado entre eles teria sido um valor bem menor do que o agora cobrado.

Os policiais orientaram as partes a entrarem em um acordo logo, caso contrário, os envolvidos seriam conduzidos imediatamente para a Central de Flagrantes de Parnaíba. Depois de muito bate-boca e troca de ofensas, o homem resolveu pagar o valor cobrado pelas garotas e o caso ficou resolvido.

Informações | Blog do Coveiro

1 Comentário

  1. ray felix disse:

    só no piaui que soldado de policia é advogado de puta, as profissionais emitiram uma RPA? declararam imposto? ou a conversa foi para dividirem na esquina o assalto que elas fizeram ao cidadão?

Deixe o seu comentário!

error: Conteúdo protegido!!!