CIDADES

Homem de 31 anos morre com suspeita de dengue grave em Parnaíba

Segundo informações, ele estava internado em observação no HEDA e seguia sendo avaliado pelos médicos.

6/01/2020 - 22:01

Um homem identificado como Geovane Alves da Silva, 31 anos, morreu nesta segunda-feira (6) no Hospital estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) com suspeita de dengue grave. Geovane era estudante de direito da Faculdade Uninassau.

Segundo informações, ele estava internado em observação desde domingo no HEDA e seguia sendo avaliado pelos médicos.

No entanto, de acordo com o PITV 2ª Edição, os resultados dos exames feitos durante a liberação do corpo na tarde desta segunda-feira (6) apresentaram um quadro diferente.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) e o HEDA, o atestado de óbito está sendo retificado pelos médicos e a causa da morte continua sendo investigada.

Veja nota na íntegra:

A direção do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde – HEDA,  informa que o paciente de iniciais G. A. S, de 31 anos, deu entrada na madrugada desta segunda-feira (06) no Hospital, em Parnaíba, e veio a óbito durante a manhã deste mesmo dia, com sintomas iniciais de dengue hemorrágica. A direção do HEDA esclarece que os resultados dos exames, feitos durante a internação e liberados agora no início da noite, deram negativos para a patologia.  Com isso, o atestado de óbito liberado para a família providenciar o sepultamento, está sendo retificado pela equipe médica. A causa da morte do paciente continua sendo investigada.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

error: Conteúdo protegido!!!