POLÍTICA

Ex-prefeito de Caraúbas do Piauí aparece na lista de inelegíveis do TCE-PI

O ex-prefeito poderá ficar de fora das eleições municipais deste ano, frustrando seu desejo de retornar ao Palácio da Cidade.

30/06/2020 - 19:06

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) disponibilizou nesta terça-feira (30) a lista provisória com os nomes dos gestores municipais e estaduais que tiveram suas contas julgadas irregulares e/ou com emissão de parecer prévio pela reprovação.

E-prefeito Manoel Pacheco Neto.

A relação inclui prefeitos, secretários municipais e presidentes de câmaras e apresenta informações sobre os responsáveis que tiveram suas contas julgadas irregulares pelo TCE-PI. Um dos nomes que aparece na lista é o do ex-prefeito de Caraúbas do Piauí, Manoel Pacheco Neto, que já teve suas contas reprovadas.

O ex-prefeito foi multado várias vezes pelo órgão em razão da reprovação de suas contas, quando era gestor. Manoel Pacheco já foi prefeito de Caraúbas do Piauí por quatro mandatos, totalizando 16 anos.

A ultima condenação que o ex-prefeito sofreu pelo Tribunal de Contas do Estado do Piauí, foi referente ao exercício de 2014. Um dos motivos, foi o excesso de gastos com pessoal. Em 2001, quando era gestor, ele também teve suas contas reprovadas por falhas em licitações.

A relação é sempre é divulgada no período que antecede as eleições para informar os eleitores e subsidiar pedidos de impugnação de eventuais candidaturas. A Lei da Ficha Limpa, aprovada em 2010, estabelece oito anos de inelegibilidade para gestores que tiveram as contas públicas rejeitadas.

A relação definitiva, com as devidas atualizações, será enviada até o dia 15 de agosto para o Tribunal Regional Eleitoral, tendo em vista que compete à Justiça Eleitoral declarar a inelegibilidade, ou não, de um responsável que conste da lista encaminhada pelo órgão.

LISTA-TRE-ELEIÇÕES-2020-ATUALIZAÇÕES

Com as decisões desfavoráveis no judiciário, o ex-prefeito, que é cogitado como possível candidato da oposição em 2020, poderá ficar de fora pelo menos das próximas duas eleições municipais, frustrando seu desejo de retornar ao Palácio da Cidade.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

error: Conteúdo protegido!!!